O cara

O rock do novo milênio anda horrível, chato, previsível, sem criatividade alguma e totalmente transformado em mera trilha sonora de campanhas publicitárias? Jack White, o sujeito que deu ao mundo bandas fodásticas como White Stripes e The Raconteurs, é a salvação da lavoura. Sério. O cara não é desse planeta. E aos trinta e seis anos de idade, mostra que está na sua melhor forma e no auge da sua maturidade musical. Quem duvidar que ouça “Blunderbuss”, sua esperadíssima estréia solo.
Do blog do Finatti.
Bem, eu estava lá quando ele se “casou” no Encontro das Águas, em Manaus e, no dia seguinte, fez todo mundo que assistia o show do White Stripes, sair do Teatro Amazonas pra vê-lo tocar do lado de fora e voltar correndo para encerrar com uma versão acachapante de Seven Nation Army (a melhor música do século?).

Não sei de nada, só sei que só hoje eu já devo ter ouvido “Poor Boy” umas vinte vezes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s