Bing ou Google? Os dois!

Já está usando o Bing, bom mecanismo de busca da Microsoft? Tenho gostado do serviço e usado bastante (inclua-o no seu Firefox com esse add-on). E para fazer uma comparação de resultados existe o Bing vs Google, serviço que coloca lado-a-lado os resultados obtidos nos dois sistemas de busca.

bvsg

Ferro-velho da memória

É o título da coluna de Claudia Zaitano no Zero Hora de hoje, 15 de agosto: (…) seu Orlando acharia muito engraçado se tivesse vivido pra ver que, no comecinho do século 21, iam começar a fabricar minúsculas câmeras digitais de cinco megapixels com a exata mesma cara da rolleiflex que ele usou até a última pose. Chama-se isso de visual retrô – uma maneira estilosa de admitir que o preço da aceleração é a eterna nostalgia”. Bacana. Pra ilustrar, imagem que vi hoje no sempre incrível Idea Fixa:

nano-case

Seja Livre

“Inproprietário – O mundo do software livre” é um projeto experimental, trabalho de conclusão do curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo dos ex-alunos Jota Rodrigo (Johnata Rodrigo de Souza) e Daniel Pereira Bianchi do Centro Universitário FIEO – UNIFIEO.
O torrent está aqui (arquivo AVI de 300Mb, pouco mais de meia hora de duração) e a primeira das 3 partes no YouTube aqui.

inproprietario

Ah, e além da relevância do assunto, tem-se ainda o toque rock’n’roll: nos créditos, música e banda que tem tudo a ver com o assunto: Freedom, com o grande Rage Against the Machine.

Meu radinho

Sonho de consumo para agora: Revo Pico é o primeiro rádio de internet auto energético com uma bateria interna recarregável para liberdade sem cabos. O Pico WI-FI liga-se a qualquer conexão de banda larga WI-FI para escutar emissões de rádio por internet em directo ou “em repetição”. As emissoras são listadas por ordem alfabética por país ou tipo de música, tornando a selecção muito simples – e o desenho de Pico portátil faz com que o possa usar onde quer que haja uma conexão WI-FI. Adicionalmente Pico permite tocar música guardada em qualquer PC ou Apple Mac com WI-FI.
Maluco, eu queria muito uma parada dessa na minha mesinha de cabeceira.

revopico

Processamento de imagens em lote

Quando o difícil fica fácil, ou “eu-não-canso-de-me-surpreender”: Phatch (Photo Batch Processor) é um software (open source) que é um verdadeiro canivete suiço para manipulação de imagens: redimensionamento em batch, rotação, bordas arredondadas (alegria para webdesigners iniciantes), sombras, marca d’agua, etc. Tudo fácil. Um pequeno tutorial?

1) Página do projeto ou baixe direto o pacote deb para o Ubuntu 8.04 (mas tem versões para outros SO caso você seja um masoquista);

2) Uma vez instalado, o menino te apresentará isso:

Aqui uma pequena diferença em relação ao que se vê normalmente. O que você quer fazer com suas imagens tem que estar num pacote pronto. Então vá até essa página (traduzida com o tradutor do Google mas já quebra um galho), e baixe para algum lugar do seu computador algum arquivo com a extensão .phatch que faça o que desejas. Esse, por exemplo, vai criar uma borda arredondada com sombra em todas as imagens do diretório X. Mas, claro, o programa já vem com opções prontas:

Você vai precisar escolher a ação, salvar em algum lugar e depois ir em “excute the action”. Escolha o diretório onde estão as imagens e o Phatch irá criar uma nova pasta com todas as imagens já editadas. Teste e não se arrependa. Eu descobri isso no Smashing Magazine e, caso você não passe por lá regularmente, sua vida não é tão bela quanto a minha 😉

Ajudando a acabar com o lixo (da web)

Essa eu vi no Pinceladas da web: no site Save the Developers.org está disponível um pequeno javascript que, quando carregada a página, exibe no topo uma mensagem avisando ao usuário que ainda utiliza o IE6 que faça um favor a si mesmo e a todos aqueles que buscam um mundo melhor na internet: atualize seu browser! Esse maldito arremedo de software ainda é muito utilizado por muita gente e é um verdadeiro martírio para quem tenta desenvolver para a web seguindo padrões. Caso utilize o código no seu site, surgirá uma mensagem em inglês sugerindo o upgrade para o IE7 (que sabidamente é bem mais obediente) mas, clicando nela, o usuário cai no próprio site do SaveTheDevelopers, que tem os links para Firefox, Safari e Opera.

Design

Um belíssimo exercício de design: o XYZ Computer Desk reúne desktop e mesa numa única peça (repare nas entradas laterais). Segundo os criadores é “tão bonito quanto um Mac e tão fácil de fazer upgrade quanto um PC”. Ia ficar ótimo no meu quarto.

Do vinil para o iPod

Bem, vou começar dizendo duas coisas: uma que eu já achei na internet praticamente todos os meus álbuns de vinil que deixei na casa da minha mãe (e também muitos outros que eu nem sonhava encontrar). Outra é que eu não consigo ouvir todas as músicas que eu trago pro meu PC: vou colocando numa pasta temporária antes de levá-las para a pasta “My Radio”, que eu possuo por aqui e que é a pasta da playlist do RhythmBox. Gosto de ouvir com calma o que baixei, mas a falta de tempo aliada ao meu recente upgrade de banda e a enorme oferta de boa música por aí, tem causado o inchaço dessa minha pasta temporária … Dito isto, pelo menos pra mim, digitalizar vinis está totalmente fora de cogitação. Mas a idéia é boa e o aparelho da Numark (que fabrica o iDJ), é bem bonito:

numark.jpg

Via Engadget