Raça. Amor. Paixão. A América é nossa.

Eu não sei se o clube para o qual você torce é um clube olímpico. Do tipo que você pode torcer, num dia sem futebol, para o basquete, o remo, a ginástica, o cuspe a distância, que seja. Não. Acho que não. Alegria mesmo, nessa vida, é torcer para o Flamengo. Com 4 meses de salários atrasados, e jogando na casa do adversário, eis que surge o tri-campeão sul-americano de basquete: o Clube de Regatas Flamengo, aquele que você adora odiar e, claro, vive dando exemplo do que é ter raça rubro-negra. Meus poucos cabelos foram pro saco nessa noite mas, eu, flamenguista até o talo, posso dizer: atura, meu velho, a América, na bola laranja, é nossa!

flabasquete

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s