Eu sinto raiva o tempo todo

Dois filmes nauseantes em menos de uma semana. Que filme te dá nó no estômago? Bem, eu me sinto muito feliz quando sou confrontado. Eu preciso ter algum tipo de reação ao término de um filme. Irreversível , (do diretor Gaspar Noé, 2002) tem uma cena de estupro que é, no mínimo, repulsiva. Impossível não fechar os olhos e esperar passar aquele tormento. A belíssima Monica Belucci está maravilhosa, como sempre. Mas esa cena… Eu nem gostei tanto assim do filme, que vi outro dia no Telecine Cult, mas confesso que fiquei chocado com a cena do estupro. Exagerada, talvez. Mas você é obrigado a refletir. E isso é ótimo.

E Crash? Bem, esse é só um dos melhores filmes que eu já vi. O que é certo? Quem está errado? Tirando uns cruzamentos meio “novela-das-oito”, os personagens desse sensacional filme de Paul Haggis (roteirista de Menina de Ouro), vivem 24 horas numa Los Angeles que é não mais do que qualquer cidade grande por aí: tensa. E eu acho que não vou esquecer mais a cena da menininha. Que cena? Vai lá e confira. Vale muito a pena. Ah, e o título desse post é uma frase da Sandra Bullock em Crash.

Anúncios

Um comentário em “Eu sinto raiva o tempo todo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s