Pirata? não, obrigado

Acho que não tem mais nada pirata aqui em casa. Nunca concordei com esse “comércio paralelo”. Tá, eu também não vou comprar uma camisa da Nike em homenagem ao aniversário do Flamengo por 130 reais. Prefiro ficar sem. A Nike escraviza trabalhadores na Índia (dizem). Os produtos “piratas” são causa de bilhões de prejuízo ao Brasil (dizem). Como eu não pretendo me tornar um monge budista pra ficar alheio a todos os problemas do mundo, fico assim: no Nike, no pirata! Obrigado.
Sobre piratas, bom artigo aqui.

Ao som de Joan of Arc – the hands (637 da JunglepunkRadio 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s